"Fátima" - Ervas Para Vapores Vaginais

Esgotado

Esta mistura de ervas é feita com flores e folhas  colhidas por mim. As plantas crescem na Serra do Açor e algumas mais específicas aqui na Quinta do Ribeiro do Sardal, onde moro. Cada planta é cultivada e colhida com respeito e amor, em conexão com o seu espírito. Todos os produtos são feitos em completa devoção ao divino na/da Natureza.


A vaporização vaginal é uma prática antiga que utiliza o calor do vapor de ervas para, levemente, permear a parte externa da vagina e permitir a desintoxicação e outros processos.

Permite a reconexão com o próprio corpo e a regulação do ciclo menstrual e de vários problemas de saúde.


Benefícios:

Diminuição significativa da dor, inchaço e exaustão associados à menstruação

Diminuição da força do fluxo menstrual de uma mulher e diminuição do risco de desenvolver cores castanha escura e púrpura escura durante o início da menstruação

Correcção de ciclos menstruais irregulares ou ausentes

Aumento da fertilidade

Aceleração da cicatrização e recuperação do sistema reprodutivo após o nascimento

Auxilío na recuperação do rasgar vaginal, episiotomia ou cicatriz de cesariana

Ajuda na cura de hemorróidas

Redução da dor associada a infecções vaginais crónicas

Redução dos sintomas da menopausa, incluindo secura ou dor durante a relação sexual

Desintoxicação do útero e apoio na libertação de toxinas do corpo

Ajuda no largar das emoções armazenadas e aproveitamento da energia de potencial criativo


Estes são exemplos de como a vaporização pode funcionar:

As cãibras menstruais e infertilidade podem ser decorrentes do acumular de revestimento uterino que não foi eliminado nos ciclos anteriores. Os músculos à volta da parede uterina precisam trabalhar horas extra quando o excesso se acumula, o que pode causar dor e fadiga. a vaporização transporta os óleos vegetais medicinais para o tecido vaginal.
Esses tecidos são extremamente absorventes, o que permite que a corrente sanguínea absorva esses óleos vegetais de cura e os leve ao sistema reprodutivo interno. Assim, eles ajudam o útero na sua limpeza e reparação. Esse processo de limpeza facilita a implantação de um óvulo e também a possível cura de outras condições uterinas.


Contra-indicações:

1 - Menstruação: Embora muitos recorram ao vapor vaginal para tratar de problemas menstruais, o vapor durante a menstruação activa ou quando há spotting é contra-indicado. A vaporização durante o sangramento pode ser perigosa porque o vapor acelera o fluxo sanguíneo e pode causar sangramento intenso. Em vez disso, o vapor deve ser feito antes e após o período, o que ajudará a  natural limpeza uterina que ocorre durante o período.

2 - Gravidez:  Embora muito útil para ajudar na concepção saudável e excelente após o parto, o vapor é contra-indicado durante a gravidez. A vaporização durante a gravidez pode ser perigosa porque o vapor relaxa e abre o colo do útero, o que pode resultar num aborto espontâneo ou parto prematuro.

3 - Após a inseminação ao tentar conceber: Para quem está a tentar engravidar, a vaporização pode ser feita durante o período, após o período, até à ovulação e nessa altura, deverá ser cancelada.  O vapor após a inseminação pode interferir no esperma, fertilização ou implantação. Isso também se aplica à inseminação medicamente assistida.  vaporização pode ser feita até a altura da transferência de fertilização in vitro ou IUI e depois deve ser parada até que a gravidez seja confirmada.

4 - Sangramento Pesado Espontâneo: Para quem tem sangramento intenso espontâneo - às vezes chamado de dois períodos por mês - a vaporizaçãor é contra-indicada. Como o vapor acelera a circulação e abre o colo do útero, pode causar sangramento espontâneo - o que pode ser perigoso quando este é em grande quantidade.

5 - Ondas de calor: Como o vapor introduz calor no corpo, pode provocar ondas de calor e provavelmente deve ser evitado quando houver ondas de calor. Isso pode não ser verdade em todos os casos, no entanto. Para algumas mulheres, a vaporização pode ajudar a aliviar as ondas de calor. Essa é uma área em que são necessárias mais pesquisas; no entanto, seria melhor fazer este processo com cautela se houver tendência a ondas de calor.

6 - Aborto - Embora o vapor seja muito útil para a recuperação do aborto, não é aconselhável vaporizar antes que a questão da gravidez seja resolvida. Em casos raros, isso pode levar a sangramento intenso e pode ser perigoso. Começar a vaporizar depois que a questão da gravidez tenha desaparecido e o sangramento ficar castanho.


Instruções:

Faz a infusão das ervas, fervendo água (1L) e colocando as ervas (1 colher de sopa) na panela. Deixa actuar por 5 minutos, com o fogo desligado e a panela tapada.

O banho vaginal de vapor é aplicado contigo sentada, pernas abertas, sobre a panela, com a infusão preparada. Tem todos os cuidados para não te queimares.

Os vapores curativos afectarão directamente a vulva e a vagina - tecidos porosos e fartamente irrigados de sangue - produzindo o relaxamento dos tecidos, musculatura, em toda a região pélvica. Pela pele serão absorvidos os princípios activos das plantas que serão levados, pela corrente sanguínea, até ao útero e todo o teu organismo.

O vapor de ervas melhora a circulação local, afina as mucosas, limpa o sistema reprodutivo eliminando o excesso de membranas e possíveis aderências.

Durante o tempo que estiveres a receber os vapores curativos, mantém o teu corpo coberto, abrigado de correntes de ar ou ar frio.

Senta-te a uma distância cómoda da fonte de vapor quente (não deves sentir que está quente demais ou a queimar) e direcciona o vapor para a tua região pélvica fazendo um casulo com uma toalha grande.

Um bom banho de vapor deve durar entre 20 a 40 minutos, por etapas de 10 minutos cada. Durante este tempo medita e visualiza uma absorção profunda na tua vagina e vulva. E, após o banho, massaja a região com um pano humedecido em água fria, que revitalizará a pele e trará melhores resultado.

Após o banho de vapor vaginal, é conveniente que te deites, relaxes, e durmas. Mas mantém-te bem agasalhada.


Ingredientes:

Folha de framboeseira, flor de malva, flor de rosa, folhas e flor de milefólio, folhas e flor de calêndula, folhas e flor de camomila, folha de urtiga e folha de salva.

Produto sazonal - dependente das plantas disponíveis e da altura do ano.

Experiência e Testemunhos:

"Olá Raquel!
Espero que te encontres bem. Eu estou bem! A tua infusão de ervas fez-me maravilhas. Logo nas 24h seguintes notei melhoras.
Beijocas e um forte abraço! Susana"

Susana T. - Porto


Nota:

Este produto não tem a intenção de substituir conselhos médicos, diagnosticar, tratar, prevenir ou curar qualquer condição física ou mental.
Por favor, use este produto com segurança e consulte um profissional de saúde quando necessário ou para questões muito específicas.
Nenhuma das informações deste site foi revisada ou aprovada pelo FDA. Todos os depoimentos / avaliações são baseados no uso pessoal desses produtos e / ou serviços e nos benefícios que eles receberam pessoalmente.
9,00 €
Please select variants first