Dor profunda que transcende o corpo

Dor profunda que transcende o corpo.

Que está nas entranhas de um ser que é o todo e que é n(este) corpo ao mesmo tempo.

Vai e deixa-te ir.

Sentindo a dor sem a ser.

Ouvindo a dor.

E no estar com ela, a dor desaparece.

Ou a identificação com a dor não é mais.

Mesmo que o desconforto profundo esteja presente a escolha está em não ser esse desconforto e abraçá-lo ao mesmo tempo.

Porque afinal de contas, ser humano é ser vivenciado através de uma materialização corporal rodeada de tantas sensações e outras que tais, que seria um desperdício não as abraçar.