Sangrar

Sangro em força e em alívio de pressão gigante.

No descanso da solitude.

Em normalidade aparente.

A mudança, a transformação.

O chamado para a verdadeira realidade.


Abraça-te.

Abraça o que passou.

Abraça o que é.


Quem és tu sem a influência do que consomes?

Que sumo sai da tua fruta?